quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Tatuar a vida....

Hoje foi um dos dias que tive muitas mudanças de humor, não sei porque, mas a verdade é que aconteceu. E este foi fundamentalmente um dia um pouco pensativo e gostava de partilhar alguns pensamentos e sentimentos. Uma pessoa estava a falar sobre fazer Tatuagens e a outra respondeu “ Nunca escrevas o nome da tua namorada, porque os amores vão e voltam…” . Fiquei pensativo com aquela frase e ao fim de pensar tanto decidi expor o problema. Eu nunca faria uma tatuagem mas se me colocasse na pele de uma pessoa que goste de fazer, umas das primeiras coisas que eu escrevia era o nome da pessoa que mais amava. Ok muito bem agora penso realmente no que ele disse “…porque amores vão e voltam…” Sim! Realmente tem razão. Eu nunca me querendo separar da minha namorada também penso que um dia nos podemos separar, mas que espero que nunca venha a acontecer. Mas o que é que tem se me deixa-se de dar com ela e de ter o nome dela marcado no meu braço? Porque sei que nunca a vou esquecer e faço questão de a nunca esquecer e não me arrependo do que estou a fazer e do que farei por isso. Qual é o mal? É uma pessoa! Marcou a minha vida. Nunca serei cobarde ao ponto que José Saramago o foi ao colocar o nome da mulher nas primeiras edições do seu livro e quando trocou de mulher retirou o nome dela nas outras edições. Acho que aqui é a mesma situação. Eu nunca iria riscar o nome de uma pessoa depois de tudo o que passei com ela e depois de ter mudado a minha vida por completo e isso iria ficar gravado a tinta negra na minha pele. Será que estou a pensar mal ? Será que sou diferente de todas as outras pessoas e de todos os outros pensamentos? Se calhar até posso estar a ser mas era o que fazia, porque na minha vida nada é feito ao acaso e se estou com ela é porque quero e me sinto bem. “NÃO ME ARREPENDO DE NADA!” por isso não tinha vergonha, raiva, ódio, etc… de ter o nome de alguém que mudou tudo na minha vida. E se fosse preciso escrevia nas costas o nome de todos os meus amigos, os que já perdi e os que ainda tenho porque tudo na minha vida foi feito porque eu quis.

2 comentários:

Raquel disse...

nao acho que estas a pensar mal...nada mal alias. tens razao no que dizes, eu poderia nao o fazer, mas se o fizese nao faria nada para remover o que tinha incrito no corpo. tudo o que fazemos e porque queremos e assim e que deve ser!!

V.O disse...

acho qe tens razao...
Aquela pessoa marcou a tua vida... De uma maneira ou outra, nao ha motivos para retirar as lembranças da tua vida, pelo menos as boas (: